sábado, 10 de abril de 2010

Eu não sei te tocar sem querer te abraçar

sábado, 10 de abril de 2010

Tantas vezes eu já escrevi como me sinto estando longe de você . Então porque não escrever um pouco sobre a forma que me sinto quando com você eu estou ?
Tão engraçado a forma que minha barriga dói e minhas mãos soam , a jeito tremulo de andar quando estou me aproximando de você ou o sorriso que eu não consigo conter quando você diz - Oi amor .
Eu amo dizer besteiras e coisas bobas com você eu sempre dou boas risadas, mas eu amo muito mais quando você apenas deita no meu colo e fica cantando, seu abraço parece que tem o tamanho exato para mim todos aqueles dias frios você sempre me esquentando ou então ouvir o som da sua voz me desmonta minha armadura se desfaz, ou eu posso falar de como o mundo desaparece ao meu redor quando te beijo como todos ficam invisível quando você está na minha frente .
Eu não sei nem descrever o que ouvir você dizer eu te amo, passar o dia inteiro grudada em você, chegar em casa e ver que você mesmo longe dá um jeito de ficar mais um pouco comigo ou levar uma bronca da minha mãe por passar quase duas horas no telefone com você.
Talvez eu nunca mais tenha essas sensações e sentimentos por sua causa, mas tudo se desfaz quando você não está aqui e mesmo que por segundos você volte para mim é como se você nunca tivesse partido .

1 comentários:

Thaís.

É bom ler textos que falem o lado bom do amor, tão encantadoras e verdadeiras soaram tuas palavras... provando que o amor pode sim ser belo.

 
Versos em folhas secas ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates